Eva me chamaste

Fizeste das minhas costas o teu piano

Dos teus desenhos as minhas curvas

Da minha boca a tua maçã

Dos meus olhos o teu mar

Do meu mundo os teus braços


(...)

19 abril 2013

Brutal, cru e verdade.

2 comentários:

R disse...

Deveras fantástico! Adorei :)

Eva disse...


É brutal e é bom!
Também gostei.
;)