Eva me chamaste

Fizeste das minhas costas o teu piano

Dos teus desenhos as minhas curvas

Da minha boca a tua maçã

Dos meus olhos o teu mar

Do meu mundo os teus braços


(...)

12 outubro 2013


Temos a mesma pele,
descobri anos depois.
É isso que nos impele
a sermos um, sendo dois.
Amar é ter a mesma pele,

o resto vem depois.
(...)

Torquato da Luz


[não sei se temos a mesma pele, sei que sinto a minha pele na sua, que é no seu calor que me aqueço, que é naquele colo que sossego e nos seus braços que vivo. sei que amar é sermos dois e sentirmo-nos bem nessa unidade de pertença. sei que quando se ama não há depois da pele, nem antes da pele, há sentirmo-nos únicos e bem na nossa pele, com alguém com quem nos sentimos no mesmo mundo e que fala a mesma língua, mesmo que muda, principalmente se muda. sei que é amor, e tudo o resto vem depois.]

Boa Noite

2 comentários: