Eva me chamaste

Fizeste das minhas costas o teu piano

Dos teus desenhos as minhas curvas

Da minha boca a tua maçã

Dos meus olhos o teu mar

Do meu mundo os teus braços


(...)

07 julho 2015

...Vamos passear?
... andar um bocadinho pela beira mar com as calças arregaçadas, o sorriso rasgado, 
e o olhar a servir de sol depois do sol se pôr??...
Até que era um bom programa não programado, depois duma tarde fechada numa sala em reuniões chatas e que só dão preocupações, e assim: decidido à última da hora, espontaneamente, perguntado de repente, sem apelo nem agravo: "queres?" e logo respondido sem cerimónias: "vamos"... 
...era bom, mesmo que nem sempre dê para acontecer, a vida nem sempre nos liberta assim, mas em dez vezes talvez uma se consiga, e desde que se vá alternado quem lança a primeira pergunta (sim, sim, que isto de puxar carroças é para bois...), e que a vontade esteja sempre no irmos, é bom...
 digo eu, que não percebo nada disto.... parece-me que são programas pouco apreciados, sei lá... como a ronha de fim de semana... Onde raio se arranjam criaturas para estes programas sem programa?

2 comentários:

Outro Ente disse...

Querida Eva,
Certamente já ouviu falar na dinâmica "Mate-se. Esfole-se." Também me é indispensável.
Boa noite,
Outro Ente.

Eva disse...

Querido Outro Ente
Hummm... Já ouvi essa dinâmica, sim, mas assim para questões profissionais, no resto raios não devia ser preciso tanto belicismo, não? Se calhar sou muito pouco dada a esforços em certas matérias, acredito que há coisas que não se procuram. Não vale a pena procurar.
Boa noite :)